Novo Projeto
Novo Projeto (2) (1)

Reserva de Hotéis

Novo Projeto (6) (1)

Passagens Aéreas

Novo Projeto (3) (1)

Passeios e atividades

Novo Projeto (8) (1)

Aluguel de carros

Novo Projeto (4) (1)

Seguro Viagem

o que fazer na chapada dos guimaraes

Está programando uma viagem a Chapada dos Guimarães? Elaboramos um guia com várias dicas de viagens e o que fazer na Chapada dos Guimarães

A Chapada dos Guimarães é um lugar impressionante que reserva experiências únicas em meio a uma natureza exuberante. Esse é o melhor resumo do que você encontrará nesta parte do cerrado brasileiro, no estado do Mato Grosso.

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães concentra a maior parte das belezas da região, mas seu entorno também tem lugares maravilhosos para se conhecer. A região é privilegiada com muitas cachoeiras, grutas e formações rochosas que parecem ter sido esculpidas por um artista.

Prepare-se para visitar cavernas, banhar-se em águas límpidas e admirar vistas de tirar o fôlego em mirantes que revelam toda magnitude deste lugar. As opções do que fazer na Chapada dos Guimarães são tantas que você vai precisar de alguns dias para conhecer todas.

O que fazer na Chapada dos Guimarães

 

o que fazer na chapada dos guimaraes
Foto: Divulgação

Mas, se há tanto para fazer na Chapada dos Guimarães, por onde começar? Planejar-se é a melhor forma de garantir uma ótima experiência na região. Por isso, é importante saber o que lhe espera lá. Veja algumas dicas de passeios e lugares para visitar.

  • Parque Nacional da Chapada dos Guimarães

Dezenas de cachoeiras, vários mirantes, formações rochosas impressionantes, pinturas rupestres e trilhas cercadas de verde. Este é o cenário que você encontrará no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães.

Trata-se de uma reserva de proteção ambiental, criada em 1989, que ocupa uma área de mais de 330 quilômetros quadrados. Há muito para conhecer e fazer lá. Por isso, reserve dias para aproveitar todas as atrações.

  • Cachoeira Véu de Noiva

Um dos cartões-postais do parque, a Cachoeira Véu de Noiva é parada obrigatória para quem visita a região. São 86 metros de queda d’água em meio a paredões de arenito. Não é possível tomar banho na piscina formada pela cachoeira, porém a vista vale a pena, que só pode ser feita com acompanhamento de um guia.

A vista  também pode ser admirada pelo Mirante da Cachoeira Véu de Noiva, que tem acesso pela rodovia MT-251, próximo à entrada do parque.

  • Cachoeira dos Namorados e Cachoeirinha

Próximas à Véu de Noiva, a Cachoeira dos Namorados e a Cachoeirinha podem ser visitadas sem o acompanhamento de um guia e tem acesso bem fácil. A Cachoeira dos Namorados fica a 200 metros de distância da Cachoeirinha, por isso é possível visitá-las em conjunto.

  • Circuito das Cachoeiras

Para quem ama cachoeira, o parque não deixa a desejar. O passeio mais completo para se visitar as mais belas quedas d’água é o Circuito das Cachoeiras. Em um percurso de seis quilômetros, é possível conhecer seis cachoeiras: 7 de setembro, Pulo, Degraus, Prainha, Andorinhas e Independência.

Mas é importante reservar tempo para o circuito, pois o passeio dura um dia todo. E você não vai se arrepender. Poderá tomar banho em piscinas naturais e admirar belas paisagens.

As trilhas não têm nenhuma estrutura para alimentação, por isso leve seu lanche e água.

  • Morro de São Jerônimo

Um dos pontos mais altos do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães é também um dos mais visitados. A 836 metros de altitude, o Morro de São Jerônimo oferece uma vista panorâmica da região. Para chegar até lá, porém, é preciso bom condicionamento físico e muito fôlego. Vá preparado, pois somente a ida leva cinco horas de caminhada, acompanhada por um guia, claro.

Mas todo o esforço é recompensado pela paisagem impressionante.

  • Cidade de Pedra

Tanto na trilha para o Morro de São Jerônimo quanto no Circuito das Cachoeiras incluem a visita à Cidade de Pedra. A ação do vento e da chuva na região resultou em formações rochosas e vermelhas que lembram uma cidade medieval. Algumas escarpas monumentais alcançam mais de 350 metros de altura e são incríveis. O lugar tem uma beleza sem igual.

É possível chegar à Cidade de Pedra também pela rodovia MT-251, no quilômetro 10.

  • Casa de Pedra

Outro lugar impressionante criado pela ação do tempo é a Casa de Pedra. A gruta de arenito foi esculpida pelo córrego Independência. É belíssima e já foi, inclusive, cenário para algumas gravações para televisão. Em seu interior, pinturas rupestres chamam a atenção.

A Casa de Pedra também pode ser visitada durante o Circuito das Cachoeiras ou a trilha que leva ao Morro de São Jerônimo.

  • Vale do Rio Claro

Outro passeio imperdível no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães é pelo Vale do Rio Claro. A vegetação preservada em meio a formações rochosas e piscinas naturais tornam este lugar um refúgio para quem quer imergir na natureza.

Lá, o topo da Crista de Galo oferece uma vista panorâmica. As águas cristalinas do Poço da Anta e do Poço Verde garantem bons banhos e flutuações. E a mata do Cerrado garante belas paisagens.

  • Caverna Aroe Jeri e Gruta da Lagoa Azul

As belezas da Chapada dos Guimarães não estão limitadas ao parque nacional. Um exemplo disso são a Caverna Aroe Jeri e a Gruta da Lagoa Azul. O passeio que leva às duas é um dos mais bonitos para se fazer na Chapada dos Guimarães.

Primeiramente, a Caverna Aroe Jeri é uma gruta de arenito gigantesca, com 1,5 quilômetro de extensão, 10 metros de altura e 60 metros de largura. Entre rochas e trechos submersos, você verá pinturas rupestres. É importante levar lanterna para conseguir ver cada detalhe em seu interior.

A Gruta da Lagoa Azul fica no final da Caverna Aroe Jeri. O nome foi dado devido às águas cristalinas azuladas. É um lugar impressionante. Não é permitido mergulhar, mas a vista é impressionante. Vale apostar em muitas fotos, principalmente quando feixes de luz solar iluminam as águas.

Para acessar a Caverna Aroe Jeri e a Gruta da Lagoa Azul, que ficam em uma propriedade particular, é necessário o acompanhamento de um guia local.

  • Caverna Kiogo Brado

Outra opção fora do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães é a visita à Caverna Kigo Brado. Ela fica bem próxima à Gruta da Lagoa Azul, a apenas 800 metros, e pode ser acessada por uma trilha entre rochas e água.

A entrada da caverna já impressiona com seus 30 metros de altura. No interior, um curso d’água segue por um duto natural e acompanha todo o percurso até a saída. São 273 metros de extensão e, ao final, o visitante é presenteado com uma vista incrível de toda a caverna.

  • Mirante do Centro Geodésico

Ao passar pela Chapada dos Guimarães, não deixe de conhecer o Mirante do Centro Geodésico. Localizado no ponto central da América do Sul – a 1.600 km do Oceano Pacífico e do Oceano Atlântico – a vista panorâmica do mirante é belíssima.

Do alto de seus 845 metros de altitude, você poderá avistar toda a Chapada dos Guimarães e, com alguma sorte, em dias claros poderá ver a cidade de Cuiabá, que fica a 30 quilômetros de distância.

  • Praça da Igreja de Santana

Localizada no centro do município da Chapada dos Guimarães, a praça da Igreja de Santana é um ponto de encontro para quem visita a região. Nela, além da bela igreja barroca do século XVII, é realizada a feira de produtos locais, onde é possível comprar artesanato. Além disso, em seus arredores estão os principais bares e restaurantes da cidade.

Onde comer na Chapada dos Guimarães

 

o que fazer na chapada dos guimaraes
Foto: Divulgação

A culinária da Chapada dos Guimarães, assim como a beleza natural da região, não vai te decepcionar. Os pratos mais famosos são: pintado à milanesa ou grelhado, pacu frito e mojica – um ensopado de peixe com mandioca. Tudo muito saboroso e acompanhado por pirão, arroz, salada e, claro, farofa de banana da terra.

Tenha certeza de encontrar ótimos locais para comer na Chapada dos Guimarães, principalmente no centro da cidade. Há ainda restaurantes espalhados por pontos turísticos da Chapada e que oferecem experiências diferenciadas. Para os passeios, porém, lembre de levar água, lanche e frutas, pois a maior parte das trilhas não conta com estrutura para refeição.

  • Restaurante Penhasco

Apesar de estar dentro de uma pousada, o Restaurante Penhasco também é aberto para não hóspedes. Nele, é possível saborear os melhores peixes da região. O local oferece ainda uma bela vista em uma varanda a 200 metros de altura sobre um penhasco.

  • Bistrô da Mata

Se você gosta de comida preparada no fogão à lenha, vá até o Bistrô da Mata. Uma casa rústica e aconchegante com uma ótima vista do Morro dos Ventos, ideal para quem quer curtir a refeição em um lugar diferente.

  • Trattoria Pomodori

Outras culinárias também são encontradas na Chapada dos Guimarães. Um exemplo é a Trattoria Pomodori, que serve deliciosas massas e o melhor da gastronomia italiana.

  • Margherita Pizzaria

Por falar em uma boa massa, os amantes de pizza não podem deixar de experimentar as delícias da Margherita Pizzaria, no centro da cidade.

  • Restaurante Morro dos Ventos

Agora, se você pode investir em uma refeição com mais glamour, experimente visitar o Restaurante Morro dos Ventos, a 1 quilômetro do centro da Chapada dos Guimarães. O lugar é lindo e serve ótimos pratos em meio a uma vista impressionante.

Onde se hospedar na Chapada dos Guimarães

 

o que fazer na chapada dos guimaraes
Foto: Divulgação

O mais recomendável quando o assunto é onde se hospedar na Chapada dos Guimarães é ficar na cidade vizinha ao parque nacional. Além de ter ótimas opções de pousadas e hotéis, o município Chapada dos Guimarães concentra os principais restaurantes e comércio em geral.

Por isso, a cidade serve como principal base para quem visita a região. Dela partem a maioria dos passeios que exploram as belezas da região. Além disso, oferece atividades para quem quer curtir a noite.

Portanto, não se preocupe em se hospedar na Chapada dos Guimarães. Há acomodações para todos os gostos e bolsos, desde hostels mais simples e econômicos a pousadas e hotéis com mais estrutura.

Booking.com
Gostou? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Fique por dentro!

Cadastre-se para receber nossas últimas novidades e ofertas exclusivas!

Fique por dentro!

Cadastre-se para receber nossas últimas novidades e ofertas exclusivas!