o que fazer em urubici

Está programando uma viagem a Urubici? Elaboramos um guia com várias dicas de viagens e o que fazer em Urubici

Urubici, na serra catarinense, é um destino para quem gosta de temperaturas amenas – às vezes bem baixas -, contato com a natureza e belas paisagens. Localizada a 915 metros de altitude, a cidade fica em um vale em meio a montanhas majestosas.

Cachoeiras, cavernas, cânions e serras são os principais atrativos de Urubici. Ao lado de Lages, São Joaquim, Urupema e Bom Jardim da Serra, a cidade faz parte do roteiro de viagem “Caminho das Neves”. Entre junho e agosto, as temperaturas caem bastante e chega a nevar por lá – a menor temperatura registrada foi de 17,8 graus negativos no Morro da Igreja, o ponto mais alto da região.

Além de curtir o clima serrano, há muitas coisas para fazer em Urubici. Trilhas levam às cachoeiras, estradas são verdadeiros pontos turísticos e mirantes permitem avistar cenários de tirar o fôlego. As hospedagens convidam a ficar um pouco mais e a gastronomia é incrível.

O que fazer em Urubici

 

o que fazer em urubici
Foto: fabianopanisson / Pixabay

Mas o que fazer em Urubici? A cidade é perfeita para quem gosta de caminhadas, trilhas e um pouco de aventura. Imagina descer por uma tirolesa sobre um penhasco: lá é possível. As cachoeiras são belíssimas e, nos meses do verão, convidam a banhos relaxantes.

  • Igreja Matriz de Urubici

A Igreja Matriz de Urubici foi fundada em 1973 e é uma das maiores do estado. A Igreja Nossa Senhora Mãe dos Homens tem estilo gótico e a arquitetura chama a atenção entre as construções simples da cidade.

Uma curiosidade da construção é que ela tem quatro entradas semelhantes. Além disso, há uma bela praça em sua frente.

  • Morro da Igreja

Com 1822 metros de altitude, o Morro da Igreja é o mais alto ponto habitado da Serra Geral. Lá funciona um posto do CINDACTA II – uma base de monitoramento aéreo de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O local pode ser visitado e oferece uma vista incrível que vai desde a Pedra Furada – cartão-postal da região – até o litoral sul catarinense, distante 100 quilômetros dali.

No topo do morro é possível encontrar neve nos meses do inverno e, ainda no verão, as temperaturas são baixas.

As visitas ao Morro da Igreja não são cobradas, mas precisam ser agendadas. Isto porque o acesso é limitado devido às poucas vagas no estacionamento. A autorização para visitar a área é concedida na sede do Parque Nacional de São Joaquim, em Urubici.

  • Trilha da Pedra Furada

Cartão-postal da região, a Pedra Furada é uma escultura natural que consiste em uma abertura de 30 metros de circunferência em uma rocha no topo de um morro.

Ela pode ser visitada através de uma trilha que de 5,8 quilômetros – ida e volta – que sai da estrada que dá acesso ao Morro da Igreja. O trajeto inclui matas, campos, pedras e penhascos que variam de 1583 a 1767 metros de altitude.

O visual lá de cima é incrível. Mas, assim como o Morro da Igreja, a Trilha da Pedra Furada só pode ser feita com agendamento prévio no Parque Nacional de São Joaquim e acompanhamento de guia autorizado.

  • Serra do Corvo Branco

A mais antiga ligação entre a serra e o litoral de Santa Catarina é um dos pontos turísticos de Urubici. A Serra do Corvo Branco é uma estrada sinuosa entre paredões de 90 metros de altura.

A maior parte de sua extensão é de terra, com asfalto somente nos trechos mais críticos. Somente veículos de passeio podem passar por ela, que tem curvas muito fechadas.

A estrada tem ótimas paisagens, perfeitas para fotos. Além disso, no início da descida há uma estrada que leva ao alto das montanhas e oferece uma vista de tirar o fôlego. Porém, a área é particular e é necessário pagar ingresso para acessar o mirante.

  • Cascata do Avencal

Urubici tem muitas cachoeiras. A mais famosa é a Cascata do Avencal , com 100 metros de queda livre. Ela pode ser visitada tanto na parte superior, quanto na inferior.

Para chegar na base da cachoeira é necessário percorrer uma estrada de terra de 4 quilômetros, a partir da entrada da cidade. Além disso, há uma trilha de 400 metros sobre pedras até chegar à cascata.

Já na parte superior há dois parques: à direita e à esquerda da estrada. O parque da direita tem dois mirantes, sendo um de vidro que adentra o penhasco. Já o da esquerda tem outras opções, como tirolesa que passa por cima do penhasco, pousada, passeios a cavalo, trilhas e pedalinhos.

  • Pinturas Rupestres

Urubici guarda importantes registros da passagem do homem na região há pelo menos 4 mil anos. As pinturas rupestres podem ser vistas em um penhasco próximo à Cascata do Avencal. Fica às margens da rodovia, a 3 quilômetros do centro da cidade.

  • Cascata Véu de Noiva

As águas que escorrem sobre uma parede de pedra formam  um lindo cenário, que lembra um véu de noiva. Daí veio o nome da cascata, localizada em uma propriedade particular no caminho para o Morro da Igreja, a 29 quilômetros de Urubici.

A Cascata Véu de Noiva pode ser visitada. O local ainda conta com pousada e restaurante.

  • Gruta Nossa Senhora de Lourdes

Escondida por uma pequena queda d’água, a gruta natural encravada nas rochas abriga uma capela em homenagem a Nossa Senhora de Lourdes.

Ela fica a 500 metros da rodovia que leva para a Serra do Corvo Branco, a 11 quilômetros do centro de Urubici.

  • Cânion Espraiado

Vale a pena apreciar a vista de cima do Cânion Espraiado. Localizado a 1500 metros de altitude, o cânion tem penhascos, escarpas, cachoeiras e muitas trilhas.

Ele também fica em uma propriedade particular, mas pode ser visitado com autorização prévia.

  • Cachoeira do Rio dos Bugres

Com 220 metros de altura, a Cachoeira do Rio dos Bugres é a mais alta de Urubici. A queda d’água está entre belos paredões de arenito. Além disso, em sua base há uma gruta escondida atrás das águas.

Para chegar até ela é necessário percorrer uma trilha com dificuldade média, pelo leito do Rio dos Bugres. Na parte superior, a trilha leva também à Cachoeira do Rio das Cobras.

  • Rio Sete Quedas

Outra trilha interessante é a do Rio das Sete Quedas. O percurso é feito no leito do rio e revela uma sequência de sete pequenas cachoeiras.

Na ordem do trajeto, visita-se a Cachoeira do Peixinho, a Cachoeira Arco-Íris, a Cachoeira da Paixão, a Cachoeira Pé de Cortiça, a Cachoeira Surpresa, a Cachoeira Saudade e a Cachoeira Vitória.

Onde fazer compras em Urubici

 

o que fazer em urubici
Foto: maxpixel.net

Não há shopping ou galerias para fazer compras em Urubici. A cidade é pequena e lá há apenas pequenos comércios espalhados pela via principal.

Contudo, há ótimos lugares para comprar, sobretudo, as delícias da região.

  • Armazém Vale das Montanhas

No Armazém Vale das Montanhas são encontrados chocolates e vinhos. A loja fica na Avenida Adolfo Konder e ainda abriga uma cafeteria.

  • Art & Mel

A loja Art & Mel vende mel puro de abelhas e derivados, além de geleias, sucos naturais e artesanatos.

  • Bodegão da Serra

O lugar para encontrar aquela lembrança de viagem é o Bodegão da Serra. O local funciona como armazém, loja de presentes e restaurante.

Onde comer em Urubici

 

o que fazer em urubici
Foto: Sharlene Melanie / Wikimedia Commons

Há ótimas opções de onde comer em Urubici. Apesar de ser uma cidade pequena, há ótimos restaurantes e com variedade para todos os gostos.

Você encontrará desde comida regional até gastronomias internacionais, com destaque para as massas italianas que caem muito bem com o friozinho da região.

  • Emporium Serra do Sol

O carro-chefe do Emporium Serra do Sol é o espaguete a carbonara. O preparo é feito junto às mesas e o prato é servido quentinho. O restaurante abre para o jantar.

  • Semola Culinária Italiana

Ótimas massas são encontradas na Sêmola Culinária Italiana. Também aberto para o jantar, o restaurante serve massas e pizzas.

  • Restaurante Chateau Du Valle

Mais requintado e charmoso, o Restaurante Chateau Du Valle fica na estrada que liga Urubici a São Joaquim. O cardápio é variado, mas predominam os fondues.

  • Posto Serra Azul

Não deixe de conhecer o Posto Serra Azul em sua passagem por Urubici. O local tem uma temática retrô de automobilismo e abriga um bar, café e restaurante.

  • Bodegão da Serra

Além de servir para as compras, o Bodegão da Serra tem um restaurantes com cardápio variado, com destaque para produtos da região.

  • Restaurante do Sesc

O Restaurante do Sesc serve comida por quilo durante o dia e à la carte à noite. O valor da alimentação no restaurante é menor do que nas outras opções da cidade.

Onde se hospedar em Urubici

 

o que fazer em urubici
Foto: Thiago makowski / Wikimedia Commons

Ao pesquisar onde se hospedar em Urubici, você estará diante de um dilema: ficar perto dos pontos turísticos ou curtir a beleza da serra e suas araucárias.

O centro da cidade tem opções de acomodações confortáveis que facilitam a locomoção para os principais passeios. Além disso, estão próximas dos restaurantes e do comércio.

Por outro lado, a região no entorno é belíssima e há várias pousadas encravadas na serra, ideias para quem quer se hospedar em Urubici para aproveitar a tranquilidade.

Booking.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima